ÚLTIMAS

Milhares de católicos reafirmam fé em Senhora Santana durante procissão dedicada à santa


Foto: Secom PMFS 


Secom


Depois de quase duas horas de procissão, a chegada da imagem de Senhora Santana à catedral metropolitana que tem o seu nome, ao escurecer, encerrou os festejos a ela dedicados neste ano. A santa é reverenciada pelos feirenses desde o século XVIII.


Milhares de devotos da santa – mãe de Maria e avó de Jesus Cristo, mais uma vez participaram da procissão de Santana, uma das mais tradicionais e antigas manifestações da fé católica de todo interior nordestino.


E cada um deles tinha uma história pessoal para contar sobre o por que da participação. Como dona Maria de Souza Vale Santos, que mora no povoado de Mercês, em São Gonçalo dos Campos, que há mais de 20 anos participa da procissão. “Tenho muita fé e muitas graças foram alcançadas”.


Dona Edite Anunciação, 72 anos, disse que há mais de 60 não perde uma festa de Santana. “É a minha devoção”. Mesmo com dificuldades físicas, Socorro Ferreira disse que iria até aonde as forças dessem. Foi até metade da avenida Senhor dos Passos. “Há dois anos venho com um anda já”. Estava acompanhada pelo amigo Fábio Moraes.


O prefeito Colbert Filho, que estava acompanhado pela primeira-dama, Adenilda Martins, secretários e vereadores, disse que os feirenses mais uma vez demonstraram a sua fé em Senhora Santana e que nunca tinha visto tamanha participação popular no evento, como na tarde desta sexta-feira.


“Nesta procissão, a Igreja foi configurada pela fé católica”, afirmou o arcebispo dom Zanoni. Estiveram presentes o arcebispo emérito de Feira de Santana, dom Itamar Vian, o bispo de Nova Friburgo, Edney Gouvea Mattoso, padres e outros religiosos.

Nenhum comentário