ÚLTIMAS

Atriz acusa Xanddy de intolerância religiosa por omitir trecho de música; cantor nega

Foto: Montagem / Instagram

A atriz Luana Xavier, neta da também atriz Chica Xavier, desabafou nas redes sociais e acusou o cantor Xanddy, do Harmonia do Samba, de cometer intolerância religiosa. Segundo a autora das reclamações, o cantor teria omitido a palavra “candomblé” todas as vezes em que cantava um determinado trecho da música “Raiz De Todo Bem”, do cantor Saulo Fernandes. A cena que foi registrada e divulgada por Luana aconteceu em um show da banda baiana no Rio de Janeiro no último domingo (4).

“Sou muito fã do Harmonia do Samba. Há muitos e muitos anos. Já fui em inúmeros shows deles: aqui no Rio, em Salvador e até em Vitória. Mas hoje me decepcionei bastante com o Xanddy. Que ele é evangélico e fala bastante sobre sua religião, inclusive em shows, disso todo mundo sabe. E definitivamente não é um problema. Porque falar da nossa própria religião é um direito que nos compete. Porém, hoje no repertório do show tinha a música “Raiz de Todo Bem” comumente cantada pelo intérprete Saulo. Peço que reparem no vídeo. Comecei a filmar depois de um minuto de música rolando porque eu não conseguia acreditar no que estava acontecendo. Pois bem... Xanddy suprimiu a frase ‘do canto Candomblé’ durante toda a música. Um desrespeito sem tamanho”, escreveu Xavier em seu perfil no Instagram.

Ao longo do texto divulgado, a atriz também sugeriu ao cantor retirar a música do repertório, já que ele estaria supostamente se recusando a mencionar algumas palavras da composição. A atitude de Luana em criticar o fato foi argumentada, logo em seguida, pelo histórico de intolerância que a religião do candomblé sofreu tempos atrás na sociedade brasileira.

“...Durante anos o Candomblé foi uma religião proibida de ser exercida. Toques de Candomblé eram casos de polícia. E para tristeza do povo de axé, voltamos a essa era das trevas, onde muitos terreiros estão sendo invadidos por fundamentalistas religiosos. Portanto, precisamos falar sim sobre intolerância religiosa. E ao cantor Xanddy fica aqui o meu apelo... Apelo de alguém que sempre admirou o trabalho dele: Respeite o nosso sagrado! Respeite a nossa fé! Principalmente você que canta ‘respeite quem pôde chegar aonde a gente chegou’. Se não pode pronunciar a palavra Candomblé, retire a música do seu repertório. Fico no aguardo!”, completou a atriz.

Cantor se defende

Xanddy utilizou suas redes sociais, na terça-feira (6), para se defender das acusações e afirmou que as pessoas que o apontam como intolerante, na verdade o expôs na internet e destacou que atitudes as quais se refere estão reduzindo o seu caráter “de forma irresponsável e tóxica”. O artista também destacou a sua convivência pacífica com pessoas de diferentes religiões.

“Eu respeito e amo o ser humano seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico... Acima de tudo procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia. Muitas vezes, encontro nas incontáveis viagens que faço pessoas das religiões de matrizes africanas (principalmente na minha terra, na Bahia) e quase sempre, recebo um abraço gostoso, que vem acompanhado de palavras doces e, obviamente, tento corresponder à altura. Eu sou assim, gosto de ser assim. Quem me conhece sabe”, esclareceu.

Por fim, mesmo deixando claro que não teria sido sua intenção desrespeitar os praticantes da religião de matriz africana, Xanddy decidiu se desculpar pelo fato que tomou repercussão após críticas de Luana Xavier: “De qualquer forma, peço perdão se ofendi alguém. Do fundo do meu coração, acreditem, não houve intenção de machucá-los. Que Deus abençoe a todos!!!”.

Fonte: Bahia Notícias

Nenhum comentário