Violência: polícia registra sete assassinatos na quinta-feira (10) em Feira de Santana

Após os oito assassinatos ocorridos na quarta-feira (veja aqui), a onda de violência continuou em Feira de Santana. De acordo com a polícia, sete homicídios foram registrados em diferentes pontos da cidade. Em dois dias foram 15 assassinatos. Veja o resumo de ontem:

Campo Limpo

Um homem foi morto em uma oficina na Rua Grêmio. Segundo a polícia, Paulo Saddam Lima Pinto, de 27 anos, estava fazendo manutenção em uma motocicleta, quando foi surpreendido pelos matadores. Assustado, ele correu e tentou se esconder no banheiro da oficina, mas foi alcançado pelos autores dos disparos. A vítima era proprietária do estabelecimento.

Conceição I

O borracheiro Gilvan Souza Santos, 43 anos, foi executado a tiros por volta das 16h, na rua do Rosário. Segundo a polícia, Gilvan estava trabalhando na borracharia e foi surpreendido por quatro homens encapuzados que chegaram em um carro prata e deflagraram vários tiros. A vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Mangabeira, mas não resistiu.

Parque Ipê

Gleydson da Silva Feitosa, 22, foi morto a tiros por volta das 21h, na Rua Jandaia. Segundo a polícia militar, populares informaram ter ouvido cerca de cinco disparos. A vítima foi atingida na cabeça e no cotovelo.

Barroquinha

Daniel Silva de Jesus, 36, foi morto a tiros por volta das 21h50 na Rua Santos Reis, esquina com a Rua Juventino Pitombo. Ele residia na rua Independência, no mesmo bairro. Não há mais detalhes sobre o crime.

São Gonçalo dos Campos/Tomba

José Raimundo Oliveira Machado Filho, 29, morreu na policlínica do bairro Tomba, vitima de tiros. Segundo informações, dois homens em uma motocicleta preta cometeram o crime. A vítima foi atingida na cabeça e braço direito.

Durante os disparos, Vanderlei de Souza Barbosa, 25 anos, foi atingido e socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) em estado grave, com ferimentos na cabeça.

Brasília

Um homem ainda não identificado foi assassinado a tiros por volta das 22h44, na Avenida Presidente Dutra, próximo a uma revendedora de motocicletas. Não há mais detalhes sobre o crime.

Sobradinho

Iraelson Ramos de Oliveira, 45, foi morto a tiros dentro do veículo Gol branco de placa JMC-2463, no pátio de um posto de combustível, na Avenida Eduardo Froes da Mota (Anel de Contorno). A reportagem ainda não conseguiu mais detalhes sobre o crime.

Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os crimes serão investigados pela Polícia Civil.